Senhoras e Senhores,

O relevante papel exercido pela Associação Comercial e Empresarial de Pontes e Lacerda e os resultados obtidos pelo trabalho dos dirigentes que nos antecederam foram os principais motivos que nos animaram a aceitar o desafio de assumir a presidência desta Associação pelos próximos dois anos.

Outra razão foi a disposição dos novos diretores e companheiros do nosso dia a dia que decidiram nos acompanhar nessa nova empreitada.

Aos senhores e senhoras que hoje assumem os destinos de nossa Associação, quero dedicar essas minhas primeiras palavras.

Tenho plena consciência de que para todos nós o momento seria totalmente inadequado para assumirmos qualquer compromisso que nos retire de dentro de nossas empresas e desvie nosso foco dos nossos negócios, mesmo que seja por pouco tempo.

Infelizmente a conjuntura econômica por que passa nosso país e a irresponsabilidade de muito dos nossos governantes são as causadoras dessas situações funestas aos nossos empreendimentos.

Mas o altruísmo, o espírito associativista de todos vocês os levaram a aceitar mais esse encargo, que é desafiador.

Vamos ter que abrir um espaço já exíguo do nosso dia a dia para debater, discutir e enfrentar os problemas comuns do nosso segmento para que, no futuro, vislumbremos dias melhores e atinjamos nossos objetivos maiores.

Obrigado a cada um de vocês por ter aceitado o convite de compor essa nova diretoria.

E digo que é uma honra compor esse grupo com empresários tradicionalmente reconhecidos em nossa cidade e que já foram, inclusive, presidentes desta Associação. E aqui destaco Mauro Ramos,Eliel Ribeiro e Regina Morais que, junto com o Célio compõem o atual Conselho Diretor e o Delei que está no Conselho Fiscal.

Outros que já participaram de diretorias anteriores e conhecem bem nossa Associação como a  Dona Lúcia,Gilmar Morales,  Helena, Ronaldo da Esportiva,Ednei da Gazin, Baixinho da Rivelino,  Renato da MT Combustível, Maxsuel, Jose Henrique da Robcar e o Cleolenes, da Quibom.

E os associados que estão pela primeira vez participando de uma diretoria: o Artur da Casa de Bichos, a Edite da D’Maria, Gilberto da Gigabyte, Rudinéia da Sisproseg, Romauro da Marques Comunicação, Ismael da Starsom e o Francis Falconi, da Lav e Sec Lavanderia.

Pois bem, para nós, companheiros da diretoria e senhoras e senhores aqui presentes, para nós começa uma nova etapa de trabalho e de ações que devem consolidar a Associação Comercial como a principal representante do empresariado de Pontes e Lacerda.

Como a que já fizemos no início deste ano, com relação à taxa do alvará de funcionamento. Alguns de nossos associados tiveram a taxa de 500 reais no ano passado para 5 mil este ano.

Com a participação da CDL e do Conselho Regional de Contabilidade, conseguimos que o poder público municipal suspendesse a cobrança e mandasse uma nova Lei para ser votada na Câmara alterando a forma de cálculo. Resultado: a maioria dos empresários pagará esse ano valor menor que o que foi pago no ano passado.

É nessa linha que pretendemos atuar,defendendo de forma intransigente nossa classe não sem uma razão fundamental.Temos consciência no papel do empresário, que como sempre digo em minhas intervenções,somos os que carregam esse país nas costas. Muitos de nós somos produtores, mas todos, geramos emprego, riqueza e renda e pagamos impostos com uma carga tributária proibitiva. Alias, por muito menos do que estamos vivendo neste país, Tiradentes fez a Inconfidência Mineira.

Vamos atuar na busca da retomada do crescimento de nossa região, com a criação da Bolsa de Arrendamento de Terras,onde mudaremos o perfil econômico de Pontes e Lacerda, trazendo a agricultura para diversificar a nossa cadeia produtiva.

Vamos buscar aumentar o número de estacionamentos no centro comercial de Pontes e Lacerda, através de estudos e projetos em parceria com a Prefeitura Municipal.

Estamos preparando a Associação para promover feiras de negócios, algo inédito em Pontes e Lacerda, visando incrementar o comércio local.

Para isso, a parceria será a palavra chave da nossa gestão. A Prefeitura, a Câmara Municipal, a CDL, os escritórios de contabilidade e outros órgãos de representação serão sempre procurados para buscarmos, juntos, a solução dos problemas apresentados e para as ações em favor do desenvolvimento da nossa região.

E uma mensagem final aos nossos associados.

Contem com a Associação Comercial na defesa de seus interesses. Acreditem que juntos, poderemos ter grandes avanços.Vamos nos manter unidos. A união é a nossa força!